Páginas

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Verdade




Só a verdade me interessa,
Nua,
Despida de andrajos.
Dura.
Cruel,
que traga palavras escritas com fel!
Só a verdade me interessa,
Que rasgue sorrisos,
Ou me lave em prantos
Que não quebre os meus encantos!
Só a verdade me interessa,
Transparente,
Sem nada a esconder,
Dela não há a temer.


By Fernanda Paixão
04-07-2012