Páginas

quinta-feira, 1 de julho de 2010

O teu sofrimento



Lavei os meus olhos
Nas tuas lágrimas
Para que chorassem por ti
E as tuas lágrimas caíram
Nos meus lábios vermelhos carmim
Com os teus lábios molhados
Beijas-te os meus com doçura
Trocamos o gosto salgado
Das lágrimas da amargura.
Retribuí e beijei a tua boca
Para silenciar a tua dor
O sentimento assolou-me
E na face senti um rubor.
A tua mão pousou na minha
Com um toque suave e quente
Abraçamo-nos em silêncio
Sob o luar refulgente
Encostei-me ao teu ombro
Senti o teu coração
Queria dar-te o meu
Com toda a minha Paixão
Não quero ver-te sofrer
Dói-me a alma só de pensar
Não mereces nenhum sofrimento
És um ser invulgar

By Fernanda Paixão
2010-06-26