Páginas

segunda-feira, 17 de junho de 2013

UM BEIJO




Um beijo …
Um beijo, nunca é só.
Tem com ele tantas palavras.
Umas por dizer,
Tantas outras declaradas
E as desenhadas num pedaço de papel.
Um beijo …
Coisa simples, essa do beijo!
Ou anátema de emoções?
Um beijo, 
Aquele, simples, que se entrega por aí;
O galante, em desuso, suavizado nas costas da mão;
O que se atira soprado no ar e que alguém há-de apanhar;
O infantil, de baba e muco, e pura magia;
Um beijo …
Aquele, o primeiro, que será eterno;
O roubado ou dissimulado;
O que selou silêncios e tantos segredos;
O que desvendou mistérios e factos mais sérios;
O que foi transgressor e fez promessas de Amor …
Um beijo ….
Matéria complexa a simplicidade de um beijo.

Fernanda Paixão

14-06-2013