Páginas

terça-feira, 26 de março de 2013

Hoje




Hoje

Na rua fria e despida de gente
Rolavam palavras em cada vertente!
Nas pedras do chão, outrora calcadas
Poisavam olhares de nações alheadas!
O beco escondido dos amantes fortuitos
Acolhe o vazio do que foram intuitos!
E nos passos errantes nos caminhos incertos
As gentes recolhem, perdem os seus aspectos.

26-03-2013
Fernanda Paixão