Páginas

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Talvez um dia



Talvez um dia

Talvez um dia te escreva palavras de amor
Uma carta em prosa ou poesia
Umas letras de pura magia

Talvez um dia te diga o que sinto
Te fale meigamente
Ou murmure confidente

Talvez um dia partilhe o silêncio
Declame de improviso
Ou te ofereça um sorriso

Talvez um dia te diga o meu nome
Me desarme no medo que me evade
Te soletre a verdade

Talvez um dia toque a tua pele
Te dê a minha mão
Sinta o bater do teu coração

Talvez um dia sejamos só um
Caminhe a teu lado
Seja o teu fado

Talvez um dia prove o teu sabor
Te beije nos lábios
Me entregue em flor
By Fernanda Paixão
30-01-12