Páginas

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Tens em ti


Tens em ti a loucura,
Dança no teu ventre o desejo,
A tua boca sedenta …
Sôfrega de um beijo.

Vagueias nas ruas cheias de gente
Perdes-te nas águas do mar
Ardes em ti,
Deixas-te arrebatar…

As tuas mãos balançam,
O corpo ondula sem querer,
Os olhos não vêem o que alcançam,
O teu sentimento é sofrer.

A tua voz rouca agita-se agora!
Deslocas o ar que respiras,
Infamas o corpo que implora
Não partas … morro se suspiras!

By Fernanda Paixão
11/01/2011