Páginas

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Tristeza 2





Tu que entras em mim sem ser avisada
Que usas chinelos bordados a prata
Afasta-te
A tua presença mata

Tu feiticeira que domas as almas
Que sendo furor pareces tão calma
Afasta-te
A tua presença mata

Tu que és rainha de um mundo sem fim
Que percorres o vazio à espera de mim
Afasta-te
A tua presença mata

Tu ò tristeza ornada a rubis
Que te camuflas em sentimentos subtis
Afasta-te de mim

By Fernanda Paixão
26/08/2010